quarta-feira, 28 de julho de 2010

Propício..

-Surgiu num relance, olhou em meus olhos
e disse: dança comigo?
Sem pensar toquei sua mão. E foi onde tudo começou...
Abraço forte, toque suave, olhos nos olhos e
tudo fluiu como achamos que nao poderia.
Conversa de uma vida em alguns minutos.
Sensações incontroláveis e uma ligação indescritível...
Amor a primeira vista? Nao. Nem poderia.
Pois este tipo vem de uma so vez, e a cada encontro era tudo mais forte.
Pela primeira vez, ELA sentia que encontrara tudo.
ELE como se o encanto que sempre sonhou tivesse tomado forma de gente.
ELA gritava silenciosamente pela sua defesa interior.
ELE queria mais era mergulhar de cabeça
ELA procurava um defeito em meio a perfeiçao
ELE pedia uma resposta ao inexplicável
OS DOIS olharam, sentiram, sorriram, falaram...
E contra ou a favor do mundo
era tudo tão intenso como DEVERIA ser.
Mas com certeza o futuro lhes guardava algo.

Obrigada por me trazer menos paz que felicidade.

4 comentários:

  1. felicidade é melhor mesmo.

    texto bonito san

    e a foto da cidade tbm \o/

    bjão e até segunda ;)

    ResponderExcluir
  2. ah,
    essa mania de liar a defesa inteior...
    '
    q bom q o inesperado nao se espera né

    ResponderExcluir
  3. bonito texto..

    mais uma vez...

    BEIJOSS


    ricardoAugusto

    ResponderExcluir

-Gente. Podem entrar e comentar... Sejam bem-vindos!